Buscar
  • João Pedro Carvalho

O que é um ghost producer?

O Ghost Producer é um produtor musical que possui vários anos de experiência para produzir tracks para outros artistas, permitindo que os artistas se concentrem em apresentações, shows e outros lados da sua carreira.


O ghost producer cria um material de alta qualidade para consolidar a carreira do artista e gerar um diferencial em um mercado extremamente competitivo.


Hoje em dia, existem muitas discussões e polêmicas na internet sobre o que significa ser um ghost producer, ou seja, um produtor “fantasma” 👻 que trabalha em segredo com vários artistas, produzindo músicas para eles.


Assim como em outros nichos de mercado, como por exemplo na literatura, em que é bem comum utilizar um “escritor fantasma”, podemos entender que por trás de muitas obras bem feitas e muitos “hits” de sucesso, existe uma equipe que lapida cada detalhe e entrega um resultado final impecável.


Em uma pesquisa feita em 2015 com os Top 100 da DJMag concluiu que 67% dos DJ´s apoiam o uso de Ghost Producer, então a mente criativa por trás de vários famosos pode ser na verdade a de um Ghost Producer!


Vamos imaginar que você é um artista que possui vários recursos para se tornar um DJ de sucesso. Você conhece bem as músicas que toca, tem bons contatos e sabe onde quer chegar. Você também trabalha bem o seu marketing, sua apresentação e tem um ótimo relacionamento com sua base de fãs...


Mas, por outro lado, você não tem tanto tempo de sobra, pois se dedica à outras atividades, ou então não possui um recurso financeiro ideal para investir em sua carreira de maneira completa. Existem vários casos específicos.


Com um ghost producer ao seu lado, o DJ consegue uma ajuda de um parceiro para realizar uma parte importante do material que precisa para se tornar um artista de sucesso, podendo se dedicar aos outros pontos cruciais da carreira.


Um DJ/produtor, para ter sucesso, precisa de um material para apresentar, precisa ter conquistas e ter um feedback positivo do público em relação às suas apresentações.


Managers, designers, fotógrafos e especialistas de marketing auxiliam na construção da carreira de um DJ.

– Precisa de um designer, para construir toda a identidade visual do artista.


– Precisa de um fotógrafo especializado, para criar um material promocional, seja para flyers das gigs (festas onde o artista vai se apresentar) ou até mesmo para a divulgação de seu trabalho comoDJ.


– Em alguns casos, precisa de alguém especializado em marketing digital para aprimorar a comunicação nas redes sociais.


– Durante as apresentações, também é interessante trabalhar com um videomaker para registrar os momentos importantes e gerar um conteúdo de qualidade.


– Normalmente, o artista tem suas contratações intermediadas por uma

agência de DJs e precisa de um booker e/ou manager para ajudá-lo a administrar o seu projeto de maneira comercial, como uma empresa que vende produtos e serviços.


– Mas, PRINCIPALMENTE, um bom DJ/Produtor precisa ter músicas autorais

de qualidade para atestar seu trabalho diante dos outros.



É ai que entra o papel do ghost producer nessa história:


O ghost producer brasileiro ou internacional, é um produtor musical que possui anos de experiência, que soube absorver diferentes técnicas de produção, de diferentes estilos musicais, e que está 100% preparado para atender as mais diversas demandas criativas.


Está antenado e atualizado em relação às tendências e referências do mercado, além de possuir todas as ferramentas para entregar um serviço de alto padrão.


Por isso, em muitas ocasiões, é necessário contratar um profissional para produzir suas faixas autorais, criando um material que vai consolidar sua carreira e criar um diferencial em um mercado extremamente competitivo.


O ghost producer será o responsável pela criação das músicas de um artista, seja trabalhando em 100% das obras ou em colaboração com o próprio artista que contrata o serviço.


Mas se ele produz minhas músicas, ele tem direito sobre elas?


O mercado de ghost varia muito em termos de modelos de contrato, então escolha sempre por 100% de direitos autorais!

Boa pergunta! Nesse caso, existem alguns modelos de contratos que são praticados no mercado:


Negociação de royalties: uma divisão dos direitos autorais das músicas, na qual o artista, o comprador e intermediários dividem os direitos.


Parceria: com o objetivo de crescimento a longo prazo, podendo variar a negociação da divisão dos direitos entre as partes, se a música crescer no mercado.


Valor fixo pré-estabelecido: pagando-se apenas uma vez pelo serviço e

garantindo total controle dos direitos autorais do material solicitado.


O legal da Brazilian Ghost é que fornecemos 100% dos direitos autorais das tracks produzidas para o comprador, em um contrato bem simples e claro - sem mistério e sem pegadinhas. Dê uma olhada na qualidade das músicas que já produzimos clicando aqui.


Ghost producer é uma profissão um pouco mal vista por produtores musicais brasileiros?


Se alguém recebesse todo o crédito por uma tarefa que você tivesse levado muito tempo e esforço para fazer, realmente, seria algo estranho.... 👽


Mas do ponto de vista dos ghost producers, eles não se importam com o reconhecimento dos holofotes e podem ganhar a vida utilizando suas habilidades de produção dentro do estúdio.


E o ghost producer tem um grande orgulho de ver o seu material produzido sendo tocado em rádios e grandes eventos, mas sem ter que se preocupar com o lado da manutenção de imagem, viagens constantes e a pressão artística dos shows.


O termo ghost producer no Brasil ainda pode ser considerado um tabu, mas ao mesmo tempo está constantemente crescendo e consolidando o trabalho de inúmeros artistas.


Por trás de vários DJs, bandas e grupos musicais de sucesso, temos esses engenheiros de áudio especializados em trazer a melhor qualidade possível para o trabalho, e esse tipo de serviço também mostra outras faces da indústria musical.


A vantagem para os ghost producers é que gera oportunidade para muitos que preferem o anonimato e que possuem uma visão a longo prazo dentro da produção, ao invés de se entregarem por completo aos holofotes da mídia e da fama.


A vantagem para os DJs que compram ghost é possuir um trabalho autoral feito sob medida e com exclusividade, visando a criação de uma identidade musical peculiar e completamente funcional em suas apresentações. Tudo isso através de um contrato sigiloso e produtivo para os dois lados da moeda.


Mas quanto um ghost producer ganha? 💰💰


Alguns cobram por faixa produzida, alguns cobram por hora e outros preferem negociar a obtenção de direitos autorais (royalties).


O pagamento normalmente depende do trabalho a ser feito. E varia entre tracks que já foram produzidas e tracks personalizadas.


A princípio, o ghost producer quando faz um trabalho personalizado, pede algumas músicas de referência para entender melhor o caminho a ser percorrido. Assim, o produtor consegue ter uma base inicial para aplicar os conceitos e idéias que sejam coerentes para o projeto.


Em alguns casos, as músicas são produzidas do zero, baseando-se nos exemplos que o cliente apresenta. Em outras ocasiões, o cliente também é um produtor musical e apresenta esboços de suas idéias para o ghost producer finalizá-las e lapidá-las.


É importante ser bem claro com os objetivos nessa parte do processo, para uma relação profissional transparente e um workflow eficiente.


Quando se tem uma base do que deverá ser feito, o trabalho é avaliado e precificado.


Uma faixa pode ser produzida em poucos dias, porém as técnicas que o ghost producer utilizará são o resultado de anos de muito trabalho, aprendizado e experiência dentro do estúdio. Seja dentro do período de um dia, uma semana ou um mês, o resultado final do trabalho depende da capacidade do ghost producer e da comunicação entre ele e o cliente.


Saiba em detalhes sobre os valores, níveis de produção e custos em nosso artigo: Quanto custa uma música produzida por um ghost producer


Para o produtor fantasma, é uma oportunidade de fazer dinheiro trabalhando com o que gosta, sem se preocupar com a pressão da fama e a expectativa dos fãs. Para o cliente, pode ser uma ótima jogada para alavancar sua carreira, apresentando uma qualidade nos padrões do mercado em suas músicas e também lucrar em cima disso através de um bom planejamento.


Ghost producer ainda pode ser considerado um tabu no Brasil, mas tem crescido e consolidando o trabalho de inúmeros artistas.

Ponto de vista do produtor ghost:

Um produtor ghost vai ser literalmente pago para passar o dia em seu estúdio produzindo músicas, ampliando seu conhecimento sobre o assunto, desenvolvendo novas técnicas e aprimorando seu talento.


Também pode criar boas relações profissionais a partir disso, e criar uma reputação de respeito na indústria musical, além de fazer o seu próprio horário de trabalho e vender faixas de excelentes valores para artistas exclusivos. Isso ajuda a trazer novas perspectivas para o seu trabalho e criar identidades musicais que podem ressoar no mundointeiro.


Ponto de vista de quem contrata um ghost:

A grande vantagem é que você pode dar atenção aos outros detalhes importantes de sua carreira, aprimorar sua perfomance como DJ e trabalhar bem todos os pontos importantes em volta da produção musical, sem se preocupar em achar tempo para trabalhar em estúdio.


Se você está iniciando sua carreira, o ghost producing pode ser uma excelente opção para começar a atuar no mercado já com um alto padrão de qualidade e um planejamento estratégico promissor. Além do mais, você terá um profissional trabalhando sob medida pra você, construindo a identidade sonora de sua marca.


Mas no final, o melhor jeito mesmo de entender sobre ghost producer é pelas músicas que produzem!


Escute tracks premium produzidas pelos nossos ghost producers, clicando aqui.


E aí? O que você está esperando para dar início às atividades e colocar em prática todo o potencial criativo de nossos ghost producers?


0 visualização